Experimente ou vá para casa!

Experimentar é descobrir. Este post tem como finalidade colocá-los para pensar na importância das experimentações e testes.

Essas descobertas serão necessárias para entender o comportamento do usuário dentro do site, pois só assim podemos apresentar soluções mais eficazes.

Existem várias maneiras de realizar testes e saber o que responde melhor aos seus objetivos, como:

Testes A/B

O teste A/B consiste, basicamente, no teste de mais de uma versão de um website. Cada versão da página web é criada e estilizada para trabalhar de forma independente. 

O objetivo é testar, por exemplo, três versões da home page, página do produto ou página de suporte, e analisar qual versão da página funciona melhor para o perfil dos usuários da empresa.

Testes Multivariáveis

Imagine que o seu site possa ser totalmente modulado, ou seja, dividido em “pedaços”. Sendo capaz de ter apenas uma página, mas alterar, dinamicamente, quais módulos aparecem na página.

Em seguida, ser capaz de mensurar através de ferramentas de web analytics que irão dizer, não só se a versão da página funcionou, mas trazer insights acionáveis para o site.

Testes de experiência

Nos testes de experiência você tem a capacidade de mudar toda a experiência local do visitante usando a capacidade de sua plataforma. Você pode não só mudar as coisas em uma página, um pedaço de texto em cada página, mas você pode mudar todas as coisas em relação a toda a experiência em seu site.

Testando as experiências, você não precisará criar várias versões do site, mas sim usar a plataforma do seu próprio site para criar pontuais experiências e poder mensura-las para saber qual a mais efetiva.


Por André Lira


Estratégias da era digital e-book