A importância das métricas qualitativas

Imagine uma ida à farmácia. Se não ocorrer o processo de compra dentro do estabelecimento, o mesmo não saberá nada sobre você ou o que necessita em sua ida. Se uma compra for efetivada, terão apenas a informação da compra momentânea (um pouco mais,se for comprado através de um cartão do estabelecimento).

Na internet é diferente. Ao acessar um website, você já está entregando uma grande quantidade de dados, independente de comprar ou não algo nessa loja. Dados como produtos clicados, produtos abandonados no carrinho de compras, dados demográficos. Se uma compra for efetuada, a empresa saberá onde mora, a partir de onde você entrou no website, qual a promoção mais efetiva para você, seu histórico de compras, entre outros.

Tudo isso é permitido através da grande quantidade de ferramentas disponíveis atualmente no mercado que geram esses tipos de relatórios. Não importa a ferramenta que se use, a melhor será aquela que lhe ajuda a entender "o que" aconteceu. Porém isso não lhe dirá o por que aquilo aconteceu.

Por isso as métricas qualitativas são tão importantes, pois elas irão auxiliar no melhor entendimento das necessidades do usuários.

Ao combinar "o que aconteceu"(Quantitativo) com o "porque aconteceu"(Qualitativo), a empresa consegue obter uma grande vantagem competitiva em relação ao mercado.

Existem diversas métricas qualitativas a sua disposição como satisfação do consumidor, engajamento, buzz da marca, entre outros.


Por André Lira


Estratégias da era digital e-book