Conversão e Call To Action

Todos os sites, lojas virtuais, blogs, portais, etc, tem um objetivo a ser cumprido a finalidade na qual existe, mas cada um tem a sua característica particular de acordo com o seu modelo de negócio.

Conversão 

A mais fácil de ser identificada é a de compra e venda, pois ao passo que um cliente efetua uma compra na loja virtual a meta da venda é concluída. Embora muitos visualizem apenas este cenário, podemos analisar vários outros, por exemplo, um site que sua finalidade é coletar informações dos internautas, após um preenchimento de formulário o site tem também uma conversão, pois a sua meta é satisfeita com o envio das informações.

Essas ações de efetuar o pagamento, enviar as informações através do formulário que atingem o objetivo da página do site em questão é justamente o que é a conversão.

Call To Action (CTA)

Como o nosso foco é garantir que o usuário converta, ou seja, que ele conclua o objetivo da página, existem maneiras para incentivarmos o cliente a fazer determinada ação com a utilização de CTA's. 

O CTA são aqueles botões, chamadas ou links que chamam a atenção do usuário para si. Um exemplo é um botão de comprar com uma cor vermelha, bem posicionada ao lado do produto, com uma fonte um pouco maior que as demais da página.

É recomendado utilizar as palavras no imperativo, já que além de serem mais descritivas, elas atraem mais a atenção do cliente. Por exemplo, "Compre Agora" ou invés de "Compra".

Bastante atenção ao utilizar os CTA's, pois a utilização em excesso, pode ocasionar um efeito não desejado.

E para garantir que sua estratégia está trazendo os resultados esperados, analise as alterações feitas e o impacto no site.


Por Andrew Esteves


Estratégias da era digital e-book